Diabetes Gestacional, riscos e prevenção

Você sabia que, segundo a Federação Internacional de Diabetes (IDF, 2013), mais de 21 milhões de crianças foram afetadas por diabetes durante a gravidez, apenas no ano de 2013? E mais, na maioria dos casos a mãe não tinha diabetes antes de engravidar. Conforme indicam estudos, a incidência de diabetes gestacional é muito maior que a incidência de diabetes tipo 1, atingindo 4% de todas as grávidas

Ao mesmo tempo, sabe-se que o Diabetes Gestacional acontece somente durante a gravidez e, em geral, desaparece após o nascimento. Contudo, as mulheres que tiveram Diabetes Gestacional têm maiores chances de desenvolver Diabetes Tipo 2 e, por isso, devem ficar atentas. Soma-se a essa preocupação o fato de o filho de uma mãe que teve diabetes gestacional também ter maiores chances de desenvolver obesidade e diabetes tipo 2 na idade adulta (IDF, 2013). Apesar de na maioria dos casos ser possível prevenir tanto o diabetes gestacional quanto o tipo 2, muitas vezes as medidas preventivas não são tomadas.  
www.guiadebebes.com/diabetes-gestacional-problemas-que-puede-ocasionar/

É importante destacar, ainda, que no pré-natal as grávidas devem fazer teste de glicemia a fim de verificar se estão com Diabetes Gestacional e, em caso positivo, controla-lo. Assim como nos outros tipos de diabetes, o Diabetes Gestacional não controlado pode ter graves consequências para saúde; no caso, tanto para a saúde da mãe quanto para a do feto.

Falando sobre Atividade Física, e a novidade, publicada na revista científica Diabetes Care, é que praticar atividade física antes e/ou no início da gravidez reduz significativamente o risco de desenvolver Diabetes Gestacional. Veja resumo da pesquisa abaixo.

No estudo foi avaliada atividade física pré-gravidez em cerca de 35.000 participantes, incluindo 2.813 casos de diabetes gestacional. Exercício no início da gravidez foi avaliado em 4.401 participantes, incluindo 361 casos de diabetes gestacional. Os pesquisadores concluíram com o estudo que altos níveis de atividade física antes ou no início da gravidez estão associados a um risco significativamente menor de desenvolver diabetes gestacional.

Contudo, é importante lembrar que essa atividade deve ser devidamente orientada e acompanhada por profissionais de área da saúde, especialmente por seu médico e profissional de educação física.

Mesmo sendo o Diabetes Gestacional diferente de Gestação em mulheres com Diabetes (tipo 1, ou tipo 2), a atividade física bem orientada antes e durante a gravidez de mulheres que já têm diabetes também ajuda. No caso, ajuda a manter o controle da glicemia, o que é fundamental para garantir a saúde da mãe e do feto.

Referências:

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Suco de Laranja? Cuidado!!!

Pâncreas Artificial, uma realidade! Como faço para ter um?

Hemoglobina Glicada (A1C ou HbA1c) para controle e diagnóstico do diabetes