Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2012

SEUS PÉS E O DIABETES

Imagem
Problemas nos pés têm mair chance de acontecer quando você já tem algum tipo de complicação nos nervos (neuropatia periférica). A neuropatia afeta de 6 a 7 em cada 10 pessoas com diabetes. Como outras complicações do diabetes, danos nos nervos ocorrem quando há demasiado açúcar no sangue ao longo do tempo. Algumas pessoas, apesar de já terem complicações, não apresentam sintomas. Para outros, os sintomas podem incluir formigamento, dormência ou dor nos dedos e nos pés.

Como a neuropatia afeta seus pés 
Quando há problema nos nervos de seus pés, você pode não ser capaz de sentir dor, calor ou frio. Uma ferida ou corte pode piorar e se tornar infectado, sem que isso seja sentido. O alto nível de açúcar no sangue também reduz o fluxo sanguíneo para os pés. Quando seus pés não recebem sangue suficiente, as infecções podem não curar.

Como proteger seus pés 
A melhor maneira de protegê-los é manter o açúcar no sangue o mais próximo possível da meta estabelecida com seu médico. Isso significa…

Novo equipamento auxilia no combate às hipos noturnas

Imagem
A empresa de bombas de insulina e sensores Medtronic acaba de lançar nos Estados Unidos o MySentry, monitor de glicose à distância. Pessoas com diabetes que já usavam o sensor contínuo de glicose da empresa, e muitos pais, aguardavam tal lançamento ansiosos. Porém, não havia promessa de que tal equipamento seria lançado em breve.


O MySentry é um monitor que recebe as informações da bomba de insulina com sensor à distância. Quem já usa o sensor sabe que ao a glicemia atingir determinado valor, tanto para baixo (risco de hipoglicemia) quanto para cima (risco de hiperglicemia), a bomba começa a bipar. O problema é que muitas vezes a pessoa não acorda com o bip da bomba e os pais só conseguem escutar o bip e acordar o filho se estiverem dormindo próximo.

O MySentry, como aparece na foto, tem a aparência de um rádio-relógio e pode ser colocado tanto na cabeceira de quem usa a bomba, quanto na cabeceira da cama dos pais (mais de 15 metros de alcance). O aparelho ficar mostrando o valor da g…

Refrigerante diet (light, ou zero) causa diabetes?

Imagem
Já algumas vezes essa questão veio à tona. Em artigo publicado na revista Diabetes, da Sociedade Brasileira de Diabetes, de setembro de 2011, o Dr. Augusto Pimazoni Netto discute essa questão. Vejamos abaixo alguns trechos do artigo que identificam como começou esse debate e a opinião desse especialista.


"No congresso da ADA, em ju­nho [de 2011], [pesquisadores] mostraram uma associação entre o consumo de refrigerante dietético comum aparentemente inexplicável aumen­to da circunferência abdominal.



O estudo acompanhou 474 partici­pantes, com idades entre 65 e 74 anos, por um prazo médio de 9 anos, avalian­do as alterações na circunferência ab­dominal durante o tempo em relação ao consumo de refrigerantes dietéticos pelos participantes. Os resultados mos­traram que houve um aumento de 70% na circunferência abdominal, em com­paração àqueles que não consumiam re­frigerantes dietéticos. Quem consumia dois ou mais refrigerantes dietéticos por dia apresentou um aumento cinco ve­zes maior …