Postagens

Mostrando postagens de 2015

Jovens Líderes em Ação no Dia Mundial do Diabetes!!!

Imagem
Por Mark Barone
14/11 é o Dia Mundial do Diabetes. Já explicamos antes (veja neste link) o porquê dessa data e, também, o porquê de não ser um dia comemorativo, mas sim um dia de ALERTA (veja neste link) !
Este artigo é justamente em homenagem a um grupo que entende muito disso (vivenciando o diabetes em seu dia a dia) e está absolutamente comprometido com esse ALERTA, a fim de MUDAR! Seja informando e educando para que o Diabetes Tipo 2 seja Prevenido! Seja para que as pessoas que já têm Diabetes possam manter um Bom Controle Glicêmico/Metabólico e, com isso, Previnam Complicações e tenham Qualidade de Vida! São os JOVENS LÍDERES EM DIABETES!
Veja abaixo onde alguns deles estão e o que está fazendo nesse momento:
Renan Jacomassi e Lucas Xavier estão, neste momento, apresentando seus trabalhos de conclusão do Treinamento de Jovens Líderes em Diabetes (ADJ), no Congresso Brasileiro de Diabetes da SBD, em Porto Alegre. Ambos com projetos de grande interesse para quem tem diabetes, trabalh…

Dia Mundial do Diabetes, COMEMORAR? ou ALERTAR?

Imagem
Dr. Mark Barone, PhD
Você já se perguntou para quê existe o DIA MUNDIAL DO DIABETES (14/11)?
Será para comemorar que cada vez mais pessoas tem diabetes? Que atingimos a marca de 400 milhões de pessoas com diabetes? Ou que a cada 7 segundo uma pessoa morre devido ao diabetes?
Não é nada disso! O Dia Mundial do Diabetes (#DMD ou #WDD) foi criado pela Federação Internacional de Diabetes (#IDF) em 1991, e logo recebeu o apoio da Organização Mundial da Saúde e da ONU, para que seja UM DIA DE ALERTA!
Mais do que uma dia, entidades de diabetes de todo o mundo começaram em 2006 a considerar Novembro como o Mês Azul do Alerta! E, por isso, encorajam autoridades públicas e privadas a iluminar seus monumentos em azul

Esperamos que um dia o #DMD seja realmente um dia de comemoração seja pela cura do diabetes ou pela redução progressiva do número de diagnósticos e/ou mortes relacionadas ao diabetes! Por hora, vamos nos unir e alertar para que o diabetes tipo 2 seja prevenido! E que pessoas receb…

Novembro Azul, do Diabetes ou da Próstata?

Imagem
Por Mark Barone
O câncer de próstata é o segundo tipo de câncer que mais mata nos EUA,1 e o segundo que mais mata homens no Brasil,2 contando com 1.1 milhão de casos e 307 mil mortes anuais em todo o mundo (dados de 2012).3 Assim, não há dúvida quanto à importância de um dia e um mês de alerta sobre essa doença. A questão trazida à tona, neste artigo, e que tem sido debatida há alguns anos, é a data escolhida para que essa campanha aconteça no Brasil, que coincide com o mês do “Dia Mundial do Diabetes”, dia este definido pela Federação Internacional de Diabetes e Organização Mundial da Saúde como 14 de novembro, desde 1991. Além disso, a escolha da mesma cor, o azul, chama a atenção e preocupa devido à possibilidade de ofuscar o alerta para o diabetes, que já atinge mais de 400 milhões de pessoas no mundo, causando mais de 5 milhões de mortes anuais (em parte porque aproximadamente metade das pessoas não sabe que tem diabetes).4

A cor azul é usada para ambas as campanhas no mundo, com a…

Dia Mundial do Diabetes: PARTICIPE!

Imagem
Todos os anos falamos sobre a importância do DIA MUNDIAL DO DIABETES  #DMD (14/11): link deste Blog.
Para saber mais,visite também a página da IDF e a da SBD, sobre o assunto. E marque no mapa da IDF o seu evento para o #DMD #DMD2015 #WDD entrando neste link.
E, participe das atividades programadas para todos o Brasil, durante o Mês Azul do Diabetes e o Dia Mundial do Diabetes!
SÃO PAULO CAPITAL





BARUERI
LINK

SANTOS, SP



BIRIGUI, SP




CURITIBA PR



Dia Mundial da Obesidade: Preocupe-se! Previna-se!

Imagem
11 de OUTUBRO

Obesidade sendo discutida em um espaço de diabetes tipo 1? Cada vez mais a obesidade e o sobrepeso deixam de ser preocupação especificamente relacionada ao diabetes tipo 2 e passam a fazer parte da pauta de muitas outras condições, incluindo o diabetes tipo 1 (que fica mais difícil de controlar quando associado à obesidade)! 

O número de pessoas com sobrepeso ou obesidade em todo o mundo cresceu muito e não para de crescer. O pior é que, com isso, cresce também o número de pessoas com uma série de condições que tem a obesidade como o principal ou um importante fator de risco, incluindo: diabetes tipo 2, apneia obstrutiva do sono, hipercolesterolemia, hipertensão, diversos tipos de câncer, doenças cardiovasculares, entre outras.

Por isso, una-se a essa campanha do DIA MUNDIAL DA OBESIDADE, da World Obesity Federation e vamos alertar as pessoas para que tenham hábitos saudáveis, evitem ou revertam o quadro de obesidade ou sobrepeso!   

No Brasil, a SBEM e a ABESO, que estã…

Evitar a Lipodistrofia e Fazer o Rodízio MELHORA a GLICEMIA (cientificamente comprovado!)

Imagem
Por Deise Santiago
A lipohipertrofia é um efeito colateral que pode acontecer em pessoas que utilizam a terapia com insulina. Trata-se de uma alteração tecidual e seu impacto na absorção da insulina e na variabilidade da glicêmica ainda não havia sido investigado sistematicamente.
O objetivo do estudo resumido aqui foi comparar os efeitos da aplicação da insulina subcutânea em regiões com lipohipertrofia e em regiões com tecido adiposo normal, no controle da glicemia pós-prandial e na absorção da insulina subcutânea em 13 pacientes com diabetes tipo 1.

Os pacientes receberam duas refeições com 75 g de carboidratos, separadas por pelo menos 6 h, cada uma acompanhada de uma única dose de 0,15 U/kg de insulina lispro, injetada antes da refeição começar em regiões com lipohipertrofia ou no tecido normal, de modo casual. 
A glicemia pré-refeição foi ajustada para 80 a 120 mg/dL. As concentrações das glicemias médias pós-prandiais foram significativamente aumentadas após a aplicação em regiõ…

Pâncreas Artificial desenvolvido na Universidade de Yale

Imagem
No vídeo abaixo, o depoimento de uma jovem com diabetes tipo 1 enquanto participava da pesquisa para desenvolvimento do Pâncreas Artificial na Faculdade de Medicina da Universidade de Yale, nos EUA.
Esse é apenas um dos projetos de Pâncreas Artificial que está em desenvolvimento, conheça sobre os diferentes projetos (Pâncreas Artificial e Pâncreas Biônico) e excelentes resultados clicando aqui.

Atividade Física desde a Infância, um Investimento na Prevenção de Complicações

Imagem
Por Mark Barone
Pode parecer óbvio que a prática de atividade física, especialmente se regular e planejada (exercício físico), auxilia na prevenção de complicações através da melhoria do controle glicêmico. Contudo, pesquisadores indicam que não é só isso. Ou melhor, a prática regular de atividade física, aliada a um estilo de vida saudável (com destaque à alimentação), pode melhorar outros fatores de risco para o desenvolvimento de complicações, incluindo: hipertensão, dislipidemia e obesidade. Mesmo para quem não tem diabetes, o investimento também vale a pena. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a inatividade física é a principal causa de aproximadamente 21%-25% dos cânceres de mama e de cólon, 27% dos casos de diabetes e aproximadamente 30% da carga de doença isquêmica do coração.1
No caso de estudos durante acampamentos de diabetes, nos quais as crianças praticam atividade física todos os dias e se alimentam de forma saudável, os resultados são muito promissores. …

Mais Bombas com Sensor e Sensores Mais Inteligentes!

Imagem
Foram anunciadas 2 aprovações importantes pelo FDA, agência dos EUA que controla medicamentos e alimentos. 
O primeiro deles é o G5 Mobile CGM System, da Dexcom. Além do fato de os sensores da Dexcom já serem muito apreciados nos EUA, no caso desse sistema, não haverá mais a necessidade do equipamento que recebe os dados da glicose e apresenta em uma tela. Isso porque o G5 Mobile transfere os resultados da glicose diretamente para o celular por Bluetooth! Portanto, os valores, gráficos e tendências podem ser acompanhado diretamente no celular, ou mesmo no SmarthWatch, como o AppleWatch! Para completar, esses dados são transferidos automaticamente para a nuvem, através da internet do celular, e todos os que tiverem acesso (familiares, equipe de saúde, etc.) podem ter acesso a tudo isso em tempo real!

A outra aprovação certamente alegrou muito os estadunidenses, visto que é um sistema que combina a bomba preferida (t:slim, da empresa Tandem) e o sensor preferido (o G4 da Dexcom) de muit…

Qual é a melhor forma de ajudar alguém com diabetes?

Imagem
Recentemente a revista Diabetes Forecast, uma das mais famosas e creditadas revistas em diabetes dos Estados Unidos, publicou na sua sessão de perguntas e respostas aos experts, uma entrevista com a psicóloga PhD, especialista em diabetes e co-fundadora do Behavioral Diabetes Institute, de San Diego, Dra. Susan Guzman. O assunto? Como melhor ajudar pessoas com diabetes
O tema é algo que constantemente surge em bate-papos e eventos relacionados à saúde do paciente com diabetes e sua família, além das redes sociais. Realmente, cada um entende a ajuda de uma forma diferente, e a comunicação é grande aliada nesse processo. As dicas da especialista poderão também auxiliá-lo a ajudar seu ente querido. 
O artigo enfatiza que ajudar pessoas com diabetes a mudar seu gerenciamento da condição pode ser complicado e é preciso encontrar um equilíbrio entre o incentivo e o apoio, sem entrar em críticas ou reclamações.
O artigo começa com a seguinte pergunta de uma leitora: “Minha mãe têm 58 anos…

Pelo FIM da GORDURA TRANS no BRASIL!

Imagem
Em junho deste ano o FDA, agência dos EUA que controla medicamentos e alimentos, determinou a ELIMINAÇÃO TOTAL da GORDURA TRANS de todos os alimentos comercializados no país. Agora a indústria terá até 3 anos para se adequar naquele país
Quanto ao Brasil... Infelizmente ainda não há qualquer regulamentação que obrigue a eliminação total desse tipo de gordura dos alimentos! Por isso, estamos divulgando abaixo a carta aberta preparada pelas entidades SBD, SBEM e ABESO solicitando que o governo tome providências.
Além disso, fomos consultar a nutricionista Deise Santiago para saber quais as consequências do consumo desse tipo de gordura (escondida em grande parte dos alimentos industrializados) e quais são os alimentos mais "perigosos", ou melhor, com maior risco de conter essa substância. Vejamos abaixo.
"A gordura trans pode elevar o colesterol LDL, reduzir o colesterol HDL (colesterol bom), causar obesidade, diabetes e doenças cardiovasculares. Ela é encontrada princ…

DIABETES ainda NÃO tem CURA!!!

Imagem
Temos acompanhado e divulgado toda a evolução das pesquisas que buscam a cura do diabetes. Muitos artigos e informações podem ser encontrados neste Blog, assim como no livro "Diabetes: conheça mais e viva melhor". Em muitos deles é possível verificar cura do diabetes em animais de experimentação e remissão do diabetes, mas não cura, em pessoas submetidas a procedimentos diversos e, na maior parte das vezes, experimentais. Isso é, há casos em que pessoas com diabetes (e com uma série de pré-requisitos) participaram de procedimentos experimentais e, após, deixaram de precisar de medicamentos ou insulina. Apesar de a primeira vista parecer se tratar da tão esperada CURA(?!), o que se sabe é que, no caso das pessoas com diabetes tipo 1, muitas delas voltam a precisar de insulina depois de um tempo, e as com diabetes tipo 2, se voltam a ganhar peso, retomam o diabetes e a necessidade de tratamento. Por esses motivos, essa pseudo "cura", em grande parte das vezes tempor…

APLICATIVOS e PLANILHAS facilitam a Gestão do Diabetes

Imagem
Por Mark Barone
Como você faz para verificar tendências de baixas e/ou altas na glicemia? Observando apenas o número da glicemia de um instante, não fornece informação suficiente para que ajustes de dose sejam feitos. E decidir qual dose de insulina pré-refeição utilizar? Para ajudar nessas questões, é possível contar com algumas planilhas e aplicativos disponibilizados gratuitamente na rede.

Nesta semana, por exemplo, foi disponibilizado o MellitusOne: planilha dinâmica na qual os dados de glicemia, doses de insulina, alimentação, etc. são computados e resultam em tabelas e gráficos que facilitam muito a visualização de padrões e tomada de decisão pelo médico e paciente para ajustes de dose de insulina, alimentação, etc.

Para quem prefere usar o celular, uma ótima opção é o GlicOnLine. Nele, é feita programação com auxilio do médico e nutricionista a fim de que cálculos da necessidade de insulina sejam feitos de acordo com a valor da glicemia computada e da quantidade de carboidratos

Você usa a PILHA certa na sua BOMBA de INSULINA?

Imagem
Por Mark Barone
Há muitas dúvidas sobre esse assunto, especialmente em relação à pilha usada nas Bombas de Insulina da empresa Medtronic. Fomos, então, buscar respostas nos sites e Blog internacionais da empresa, além de termos entrado em contato com a gerência da área de diabetes da empresa no Brasil. As principais conclusões encontradas estão abaixo.

Use sempre uma moeda para abrir o compartimento da pilha (o uso de facas ou outros materiais pontiagudos pode danificar a bomba).A duração média da pilha é de 1 semana (pode variar dependendo das funções que estiverem ativadas). Muitos relatam que a pilha chega a durar de 2 a 3 semanas, mas a empresa, provavelmente por motivos de segurança (a fim de não superestimar a duração da pilha e, com isso, evitar que o usuário fique sem pilha reserva), informa semana.Tenha sempre pilhas novas em casa e não deixe de leva-las quando viajar (cheque também se a pilha não acabou ou está no final antes de sair de casa).Verifique se a bomba está funciona…

3 formas de evitar Sérias Complicações do Diabetes

Imagem
Os rins desempenham um papel importante na sua saúde e bem-estar, filtrando os resíduos e líquidos em excesso de seu sangue. Quando os rins não funcionam bem, há necessidade de fazer diálise - filtragem de seu sangue por uma máquina - ou mesmo transplante de rim.

Quem tem diabetes, tem risco aumentado para desenvolver doença renal. Altos níveis de glicose no sangue pode danificar os vasos sanguíneos dos rins. Quando esses minúsculos vasos são prejudicados, os rins perdem a capacidade de filtrar o sangue adequadamente. Isso pode levar ao excesso de proteína na urina e ao acúmulo de resíduos no sangue.
O diabetes é a principal causa de insuficiência renal, sendo responsável por 44% dos novos casos de doença renal, de acordo com o Instituto Nacional de Diabetes e Doenças Digestivas e Renais dos Estados Unidos (NIDDK).
Embora as pessoas com diabetes sejam mais propensas à doença renal, você pode reduzir o risco de desenvolver essa complicação.
Mantenha um bom controle da glicemia: controlar…