Treinamento físico reduz a Hemoglobina Glicada (A1C ou HbA1c)?

Dando continuidade à sessão de respostas a algumas das principais dúvidas de pessoas com diabetes, postamos abaixo os comentários da Patrícia Vieira de Luca, profissional de educação física, formada pela USP.

www.teamnovonordisk.com

Sim o treinamento reduz a HbA1c em pessoas com DM2, porém é controverso em pessoas com DM1. Por quê? O exercício provoca grande variabilidade glicêmica e precisa ser bem monitorado para seus ajustes. Muitos atletas, a fim de melhorarem seu desempenho, preferem a hiperglicemia sem cetonemia, para não correrem o risco de terem uma hipoglicemia no meio de uma prova, o que poderia reduzir o desempenho. Mantendo-se portanto com uma A1C de 8%. Entretanto, falando de atividade física de forma contínua, monitorada, bem prescrita, além da redução da hemoglobina glicada, traz adaptações muito interessantes, como aumento de nossas reservas de glicose nos músculos, bem como de gordura, e aumenta a massa muscular, fazendo com que nosso corpo trabalhe melhor e utilize energia de uma forma eficiente e eficaz. A atividade física sem nutrição, monitoramento e insulina não irá reduzir a HbA1c, portanto é um conjunto que precisa estar em sintonia.

Patrícia Vieira de Luca
Mestre em Educação Física-USP
Voluntária na ADJ-Diabetes Brasil
Membro da Equipe de profissionais do Educando Educadores 

Leia também:

Novidades sobre Atividade Física e Diabetes

Exercício Aeróbio ou Anaeróbio? Qual é melhor?

Atividade Física antes e no início da Gravidez previne Diabetes Gestacional

Pilates e a necessidade de outras atividades físicas

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Suco de Laranja? Cuidado!!!

Hemoglobina Glicada (A1C ou HbA1c) para controle e diagnóstico do diabetes

Pâncreas Artificial, uma realidade! Como faço para ter um?