Será que quem tem diabetes pode praticar mergulho autônomo?

Responder a esta pergunta ainda gera muita insegurança e desconforto. Mas isso não pelo fato de existirem relatos de acidentes de mergulho envolvendo pessoas com diabetes, muito pelo contrário. Hoje existem pesquisas mostrando que, com alguns cuidados, pessoas com diabetes podem praticar mergulho autônomo com segurança, como é apresentado no seminário online da maior entidade de medicina do mergulho do mundo (DAN).



Mas por que muitas escolas de mergulho não aceitam alunos com diabetes? E por que alguns profissionais de saúde desaconselham o mergulho para quem tem diabetes? Os motivos são simples. O primeiro deles é o desconhecimento das pesquisa e protocolos que indicam os cuidados que se deve ter para se mergulhar em segurança com diabetes. No passado, como não existiam pesquisas nem protocolos, o mergulho de pessoas com diabetes, em especial usuárias de insulina, foi altamente contraindicado e até proibido em muitos países. Nesse tempo os mergulhadores com diabetes faziam o que hoje se entende como o mais inadequado, iam mergulhar sem contar a ninguém que tinham diabetes. Com isso, obviamente corriam o risco de não poder contar com ajuda adequada, se fosse necessário. O segundo é o fato de que a hipoglicemia, maior risco durante o mergulho de pessoas com diabetes em boas condições de saúde, pode ser mais difícil de se detectar e tratar durante um mergulho. Por isso é fundamental que se:

- Conheçam os possíveis efeitos do mergulho e de atividades físicas em geral sobre a glicemia;
- Saiba fazer ajustes de insulina antes e após o mergulho;
- Aumente o número de testes (pontas-de-dedo) antes e após o mergulho;
- Esteja certo de a glicemia não esta em tendência de queda antes de iniciar o mergulho;
- Alimente antes do mergulho;
- Avise quem está mergulhando junto sobre seu diabetes e o que fazer caso você precise de ajuda;
- Tenha fontes de carboidrato simples, para correção de hipoglicemia em fácil acesso;
- Tenha glucagon na embarcação e alguém que saiba usa-lo se necessário;
- Limite o tempo submerso.



Portanto, para a alegria de quem planeja mergulhar a resposta é sim, quem tem diabetes pode praticar mergulho autônomo, mas claro que sempre respeitando o protocolo, preparando-se com antecedência e com a ajuda do seu médico, e conhecendo como seu organismo e como glicemia reagem ao mergulho (que tende a ser um exercício bastante intenso, podendo afetar a glicemia até durante o dia seguinte).

Leia também:

Vai viajar? Faças as malas sem esquecer da saúde...


Exercício Aeróbio ou Anaeróbio? Qual é melhor?


Atividade Física com Segurança!!!


Dez Dicas para Adolescentes

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Suco de Laranja? Cuidado!!!

Pâncreas Artificial, uma realidade! Como faço para ter um?

Hemoglobina Glicada (A1C ou HbA1c) para controle e diagnóstico do diabetes