Pode a flora intestinal prevenir o diabetes?

Talvez poucos tenham imaginado que a flora intestinal poderia ser tão importante a ponto de se relacionar com o diabetes. No entanto, pesquisadores têm se interessado cada vez mais pelo tema, e encontrado resultados surpreendentes em pesquisas. Em artigo dedivulgação publicado online pela revista The Lancet Diabetes &Endocrinology a pesquisadora Jelena Vulevic comenta resultados de seu grupo e outras pesquisas sobre o tema.

www.acneeinstein.com/the-gut-skin-axis/

Na última publicação feita por seu grupo, aparecem os resultados surpreendentes de pesquisa feita com adultos com sobrepeso. Metade do grupo recebeu placebo, enquanto a outra metade recebeu durante 12 semanas um suplemento (B-GOS) que estimula a multiplicação das bactérias Bifidobacterium bifidul na flora intestinal. Os indivíduos que receberam esse suplemento, tiveram realmente aumento no número dessa espécie de bactéria e, ao mesmo tempo, apresentaram redução de: inflamação (redução de calprotectina e proteína C reativa), insulina (o que denota melhora da resistência à insulina), triglicerideos e colesterol total. Com isso, os pesquisadores concluíram que a terapia com suplementos para ajustes da flora intestinal pode melhorar além da saúde gastrointestinal, o sistema imune e prevenir doenças, no caso a síndrome metabólica, que favorece o desenvolvimento de diabetes do tipo 2.

www.knowabouthealth.com/ms-is-triggered-by-friendly-bacteria-residing-in-the-gut/9028/

O autor do artigo revela que a mucosa intestinal representa o primeiro local de interação de micróbios com o sistema imune do indivíduo. E, com isso, pode, dependendo de sua composição, desencadear inflamação tanto local quanto sistêmica, possibilitando a destruição de ilhotas. Mas as pesquisas não param por aí, já que, de acordo com o artigo, bactérias benéficas como a estudada pelo grupo da Dra. Vulevic parecem funcionar como uma espécie de barreira na mucosa intestinal. Protegendo, assim, contra a entrada na circulação de antígenos. Aparentemente esses resultados têm motivado pesquisadores a estudar, inclusive, a potencialidade de a flora intestinal proteger o organismo da entrada de antígenos que podem desencadear processos autoimunes, levando ao diabetes tipo 1, ou outras disfunções.

Por fim, a pesquisadora Marie-France de La Cochetiere adverte que a exposição a antibióticos, especialmente durante a infância, pode deturpar o desenvolvimento normal da flora intestinal

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Suco de Laranja? Cuidado!!!

Pâncreas Artificial, uma realidade! Como faço para ter um?

Hemoglobina Glicada (A1C ou HbA1c) para controle e diagnóstico do diabetes