Bombas Real Time da Medtronic ganham uma concorrente

Também no Congresso da Associação Americana de Diabetes (ADA) foi apresentado por ninguém menos que a Animas, empresa do grupo Johnson & Johnson, uma nova bomba de insulina (Animas Vibe), já disponível na Inglaterra, que assim como o sistema Real Time da Medtronic, conta com sensor de glicose que se comunica com a bomba de insulina.

http://www.animascorp.co.uk/animasVibe
Por muitos anos a Medtronic foi a única empresa de bombas de insulina a oferecer esse tipo de tecnologia, que inicialmente levantou desconfiança, mas que foi ganhando a aceitação dos profissionais de saúde e portadores de diabetes. Depois do sucesso das bombas com sensor de glicose da Medtronic, o lançamento da Animas Vibe mostra o interesse de outras grandes empresas em investir em sistemas semelhantes e lutar por esse mercado. Para os consumidores, 3 vantagens surgem junto com a concorrência: a possibilidade de escolher entre mais equipamentos; a pressão em termos de controle de preço e vantagens oferecidas por cada empresa; e a aceleração no desenvolvimento de tecnologias e de características diferenciadas na bombas. Nos próximos anos, além do lançamento de outros modelos por essas mesmas empresas, outras grandes empresas de bomba talvez lancem sistemas semelhantes. Isso pelo fato de o desenvolvimento de bombas com sensor cada vez mais precisas podem, um dia, levar ao desenvolvimento do primeiro pâncreas artificial portátil

Infelizmente, a empresa Animas ainda não tem filial no Brasil. Por outro lado, as empresas de bomba que aqui estão, tem trazido novidades bastante atraentes. A Roche, tem feito grande sucesso com sua bomba Accu-Chek Combo, que além da bomba normal, conta com um controle remoto que além de controlar a bomba faz teste de glicemia. E a Medtronic em poucos meses deve começar a comercializar no Brasil sua nova bomba com sensor, a Paradigm Veo, que além das características que o sistema Real Time já tinha, conta ainda com alarme que antecipa hipo e hiperglicemias, e um mecanismo de desligamento automático da insulina durante 2 horas, caso a glicemia atinja valores muito baixos e o usuários não acorde para corrigi-la.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Suco de Laranja? Cuidado!!!

Hemoglobina Glicada (A1C ou HbA1c) para controle e diagnóstico do diabetes

Pâncreas Artificial, uma realidade! Como faço para ter um?