Invasão Azul e Novembro Azul pelo Diabetes!


No mundo todo aconteceram ações relacionadas ao Mês e ao Dia Mundial do Diabetes (14/11). No Brasil não foi diferente. Segundo a Federação Internacional de Diabetes (IDF), o Brasil é um dos países que mais se mobiliza e promove ações de CONSCIENTIZAÇÃO, PREVENÇÃO, DETECÇÃO e ORIENTAÇÃO. Essas ações são fundamentais em um mundo que sofre com a pandemia de diabetes. E a situação se agrava pelo fato de metade (50%) das pessoas não saberem que têm diabetes e não se tratarem. Isso acaba levando a uma série de complicações e morte precoce dessas  pessoas. Enquanto, quando tratadas, podem ter uma vida longa e saudável. Vejamos abaixo uma dessas ações, que foi multiplicada por outros grupos pelo Brasil. 

"Para marcar o Dia Mundial do Diabetes, o grupo Blue Power, formado por jovens com diabetes da capital paulista, e idealizado pela Jovem Líder em Diabetes Brasileira que é membro do Young Leaders in Diabetes da Federação Internacional de Diabetes, Claudia Labate, organizou a concentração “Invasão Azul”, na praça de alimentação do Shopping Bourbon, no dia 9 de novembro, às 20 horas, em São Paulo.


Participaram do evento pessoas com diabetes, familiares, amigos, profissionais da saúde, de todas as idades. Todos vestiram azul, cor que simboliza o diabetes no mundo todo (www.idf.org/worlddiabetesday), para despertar a atenção dos presentes e incentivar a prevenção e tratamento da disfunção.


O Dia Mundial do Diabetes é celebrado anualmente no dia 14 de novembro, com ações e campanhas de prevenção em vários países. De acordo com dados da Federação Internacional do Diabetes (IDF, na sigla em inglês), a disfunção atinge mais de 370 milhões de pessoas no mundo e 50% de seus portadores não sabem que têm a doença. O Brasil ocupa o 4º lugar neste ranking com 13,4 milhões de portadores, atrás apenas de China, Índia e Estados Unidos.


O diabetes tipo 1, descoberto geralmente na infância, é causado por uma falha no pâncreas, órgão que produz o hormônio insulina, que regula o açúcar no sangue. Já o diabetes tipo 2, responsável pela maior parcela dos casos, cerca de 90%, está diretamente relacionado ao excesso de peso, sedentarismo e outros hábitos não saudáveis. A boa notícia é que é possível prevenir grande parte dos casos de diabetes tipo 2. Em ambos os casos, com o diagnóstico precoce e o tratamento adequado, o paciente pode ter uma vida de qualidade."

Saiba mais em: http://tenhodiabetestipo1eagora.blogspot.com.br/search/label/dia%20mundial%20do%20diabetes

Mais fotos do evento em: https://www.facebook.com/markbarone17/media_set?set=a.615035075227255.1073741831.100001623033669

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Suco de Laranja? Cuidado!!!

Hemoglobina Glicada (A1C ou HbA1c) para controle e diagnóstico do diabetes

Pâncreas Artificial, uma realidade! Como faço para ter um?