Cães podem salvar a vida de quem tem diabetes!

É isso mesmo, há 11 anos foi fundada, nos Estados Unidos, uma ONG que treina cachorros para reconhecer e alertar quando o dono está com hipoglicemia. O fundador da ONG, Dog 4 Diabetics, decidiu investir no negócio quando, por coincidência, foi acordado por seu labrador durante uma hipoglicemia. Com isso, percebeu que o cachorro era capaz de perceber a hipoglicemia e alertá-lo. Parece estranho? Mas para muitas pessoas que têm diabetes e seus parentes, a hipoglicemia é a consequência mais temida do tratamento do diabetes. Ainda mais se tratando de hipoglicemias noturnas ou assintomáticas!


Há relatos de cães treinados detectarem a queda da glicemia mesmo antes de haver qualquer sintoma, e mesmo antes de o valor dosado (ponta-de-dedo) estar realmente baixo. Mas não basta comprar um cachorro treinado. Boa parte do treinamento deve acontecer com a presença e participação ativa do futuro dono, por, pelo menos, 2 semanas. E isso, depois de enfrentar a fila de meses, e passar por avaliações para verificar se o cão será a melhor solução para o seu caso!

Mas não podemos deixar de mencionar que um controle intensivo, com medições de glicemia frequentes e uso de análogos, bomba de insulina e/ou sensor de glicose, é, muitas vezes, eficaz para evitar hipoglicemias severas.

Comentários

  1. Espetacular mesmo. Não tenho dúvidas que mesmo sem ser treinados os nossos amigos de 4 patas podem detectar quando o dono entra em hipoglicemia. Gostei muito.

    ResponderExcluir
  2. Meu gato já me avisou algumas vezes enquanto eu dormia, antes de usar bomba de infusão, que eu estava com hipoglicemia. Começou a miar, a me mordiscar a perna, até eu acordar e verificar a glicemia.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Suco de Laranja? Cuidado!!!

Hemoglobina Glicada (A1C ou HbA1c) para controle e diagnóstico do diabetes

Pâncreas Artificial, uma realidade! Como faço para ter um?