Fim de ano, Férias, Você presta atenção no que come?

Com as festas de fim de ano chegando, a rotina, o consumo alimentar e o nível de atividade física mudando, manter o controle da glicemia pode ser um desafio. No entanto, planejamento, atenção e ajustes podem reduzir o impacto dessa fase, sem deixar de desfrutar de seus prazeres. Já publicamos anteriormente um artigo neste Blog com diversas dicar: "Festejar é diferente de Estragar o Controle".

www.gaetamasseria.com.br

 Neste artigo vamos ver como dados recentemente publicados podem nos ajudar.

Um pesquisa recém publicada aponta que a atenção no que se está comendo faz toda a diferença. Na pesquisa foram comparados 2 grupos de adultos com diabetes tipo 2. Um dos grupos recebeu orientação tradicional para os autocuidados, incluindo orientações sobre alimentação e prática de atividade física. O outro grupo aprendeu técnicas de meditação e sobre consciência alimentar (na seleção e consumo dos alimentos). Os testes feitos 3 meses após as orientações/treinamento mostraram que ambos os grupos tiveram redução do peso, melhora do controle glicêmico. 

Em outro artigo, Brenda Neugent revela suas estratégias para manter o sabor, mas tornar as refeições mais saudáveis em datas comemorativas, como o Natal e o Réveillon, e, assim, conseguir manter um bom controle da glicemia, do colesterol, etc. Veja abaixo.

"Por algumas estimativas, uma refeição tradicional de férias pode ter 5.000 calorias.

Eu já tinha alguns truques na minha manga, mas qualquer novo conselho realmente ajuda, pois meu marido trabalha duro para manter seu diabetes tipo 2 sob controle, e eu preciso fazer a minha parte para mantê-lo sentindo-se saudável, mas não privado.

O peru ainda será a peça central, mas em vez de assa-lo no forno com manteiga, ele é esfregado com alho e defumado na grelha. As sobras são especialmente agradáveis, já que com a carne de sabor defumado faço deliciosas sopas e sanduíches, sem a adição de qualquer gordura extra.

Meu marido adora purê de batata, mas a manteiga, o sal e o leite que fazem com que fique delicioso também o torna perigoso, então faço algumas modificações. Para que fique mais saudável, substituo grande parte da batata por couve-flor. A couve-flor tem um alto teor de água, por isso elimina a necessidade de muito leite ou manteiga e, embora a textura seja um pouco diferente, o prato parece ter um ganho em sabor com a couve-flor. Para prepara-la, eu cozinho no vapor até que fique macia, então, além de sal light e pimenta moída na hora, eu adiciono um pouco de creme e um tapinha de manteiga e amasso a couve-flor, assim como eu faria com uma batata.

www.gaetamasseria.com.br
 Nas nossas férias incluímos sempre torta de abóbora. Abóbora é rica em vitamina A, uma obrigação para manter a visão saudável. E para finalizar, fazemos um passeio de bicicleta ou a pé, já que o exercício é ótimo para ajudar a manter os níveis de açúcar no sangue de meu marido sob controle."

Portanto, fica a dica, prestando atenção aos alimentos que estamos escolhendo consumir, na forma como são preparados, no tamanho das porções, não deixando de contar os carboidratos e praticar atividade física, é sim possível manter o controle durante esse período.

Desejamos Ótimas Festas a Todos! E Muito Sucesso em 2015!
 











Fontes:

Leia Também:

Festejar ≠ Estragar o Controle

Alimentação vegetariana, benéfica ou perigosa?

Alimentação, uma questão que ainda levanta dúvidas e pode fazer a diferença

5 MITOS ALIMENTARES DO DIABETES

Comer... Mas quando tomar a insulina?

DEZ PASSOS PARA UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL

Comentários

  1. Final de ano para mim é muito ruim. Tenho Diabetes e tenho que ficar controlando minha alimnetação. Fazer o que minha saúde vale mais que a gula,kkk. Parabéns pelo blog!

    ResponderExcluir
  2. Obrigado por seu comentário Antônio! E Parabéns!
    Com todas as tentações das festas de final do ano não é fácil mesmo. Mas, por outro lado, abrir mão do bom controle e da saúde... não é uma boa opção, como você disse. O que, como discutimos acima, não significa se privar dos prazeres, mas desfrutar de forma planejada!
    Um Abraço e Boas Festas!!!
    Mark Barone

    ResponderExcluir
  3. gente eu queria saber uma coisa.
    Há 2 anos que tenho diabete e até agora não consigo me acostumar com a doença. Sei que não posso, mas vivo comendo doce tomo apenas 1 das 4 insulinas por dia e quase não meço a diabete pq sei que vive alta. Queria saber se vcs demoraram para se acostumar e como foi? Sera que tenho que passar no médico?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Felipe. A pessoa que tem diabetes deve comer de tudo (de forma equilibrada) como todas as pessoas. Por isso, você também pode comer doce. Mas tanto para doce como para os outros alimentos, você deve ter controle. É necessário medir a glicemia antes da refeição, tomar a insulina e então comer. Dessa forma você vai ter glicemias melhores e poderá se alimentar normalmente. Procure seu médico para calcular suas doses de insulina e pergunte para ele sobre contagem de carboidratos.

      Abraços,
      Bruno Pereira

      Excluir
  4. Lucas Leme Galastri14 de dezembro de 2012 13:35

    Ola Felipe td bem?? Atualmente estou com 25 anos de idade e com 17 anos de diabetes. Na minha época td era mais dificil, não exitia praticamente nd direcionado ao publico com diabetes, mas mesmo assim aceitei a ideia de eu ter. Ao longo do tempo ocorreram fases de "estou de saco cheio", e deixar de me controlar, mas graças `a companhia de um pessoal muito querido da ADJ isto me tirava rapidamente desta pequena depressão. Voce TEM que procurar um médico com ctz, e também apoio de alguma associação para que assim possa se educar quanto ao diabetes e ter um melhor controle garantindo assim uma vida normal, longe das complicações decorrentes do mal controle. Segue a dica, qualquer duvida ou se quiser mais alguma opnião seugue meu email: Lucas_jl_adj@hotmail.com !Aguardo seu contato !!Abraçosss !

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Suco de Laranja? Cuidado!!!

Pâncreas Artificial, uma realidade! Como faço para ter um?

Hemoglobina Glicada (A1C ou HbA1c) para controle e diagnóstico do diabetes